Quarta-feira, 23 de setembro de 2020 - Líder do Sul >> Notícias
04/10/2011 14:28
Esfria o interesse do mercado pelos leilões do governo

O mês de setembro termina com o mercado de arroz claramente desinteressado pelos mecanismos do governo federal. Há uma semana não houve interesse das indústrias no leilão de compra e venda simultânea de arroz, que se destina à exportação. Produto de estoques velhos 2006/07 foram ofertados em troca de arroz industrializado para doações humanitárias. Mas, a relação não foi considerada atraente pela indústria. A Conab já abriu novo edital para a próxima terça-feira, quando oferta 17,7 mil toneladas de arroz das safras 2005, 2006 e 2007.

PEPRO
Também não houve interessados no leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural e/ou Cooperativa (Pepro) para 7 mil toneladas de arroz em casca das duas últimas safras, realizado nesta quinta-feira, 29. Eram cinco mil toneladas para o Rio Grande do Sul e duas mil para Santa Catarina. Os valores envolvidos não estão atraindo os produtores, mas também há dificuldades pela restrição ao acesso e a gigantesca burocracia envolvida.

PEP
Por fim, o mecanismo que mais sucesso fez em 2011, também mostra sinais de esgotamento. O leilão de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) desta quinta-feira, 29, negociou meros 4,4% da oferta. Dos contratos ofertados para 93 mil toneladas, das duas safras mais recentes, apenas 4.055 foram comercializadas, somando uma operação de R$ 76,3 mil. E todo o volume para o Rio Grande do Sul. O edital ofereceu 85 mil toneladas para o Rio Grande do Sul, três mil para Santa Catarina, 2,5 mil ao Paraná e também 2,5 mil ao Mato Grosso do Sul.

A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul tem procurado o governo federal para sugerir ajustes nos mecanismos, de forma a torná-los mais eficientes para recuperar o mercado, o que se mostra necessário neste momento. Mas, com poucos resultados nas últimas semanas.

 

Fonte: Planeta Arroz

©2009 - Líder do Sul Alimentos Ltda. BR 471 s/n km 161 - Distrito Industrial
Rio Pardo / RS / Brasil - CEP: 96640-000 - Fone: (51) 3731-2100
Desenvolvido por Oxigênnio Soluções em T.I.